22 dezembro 2017

A Origem do Natal!

Olá amores, está chegando um dos dias mais lindos do ano, o Natal. Todos sabem que esse é um feriado cristão cujo o objetivo é comemorar o nascimento de Jesus Cristo, mas vocês sabiam que o Natal já existia muito antes de Jesus nascer ? E de onde vem essa história de Papai Noel ? E as árvores, os presentes ? Quer saber a resposta de cada uma dessas perguntas ?! Então, vem comigo...

De onde vem o Natal ?

Bem, o Natal é uma comemoração antiga, muito mais antiga que o nascimento de Jesus, ele foi criado para comemorar o solstício de inverno, que é a noite mais longa do ano no hemisfério norte e acontece no fim de Dezembro. Os dias ficavam mais longos e isso era motivo de festa para o homem que começava a dominar a agricultura. Na Mesopotâmia a celebração durava 12 dias, já os gregos cultuavam o Deus Dionísio, enquanto os egípcios relembravam a passagem do Deus Osíris para o mundo dos mortos. Na China se comemorava (ainda comemora) o ying yang que simboliza a harmonia da natureza. Com o passar do tempo essa data foi utilizada para comemorar o nascimento do Deus persa Mitra, que passou a ser cultuado pelos romanos e logo passou a ser chamado de Festival do Sol. Com tempo o Cristianismo foi crescendo pela Europa e o Natal passou a ser celebrado por ele, trazendo também tradições de outros povos, como o Yule que uma festa nórdica onde se tem decoração nas casas, árvores, sinos e velas.

E o Papai Noel ?

Conta-se a história, que por volta do século IV viviam três moças na cidade de Mira, na Turquia. Elas não tinham dinheiro e pra ajudar o pai, decidiram que iriam se prostituir. Porém numa noite de inverno, um homem jogou um saquinho cheio de ouro pela a janela e sumiu. Na noite seguinte atirou outro saquinho e na outra noite também, um para cada moça. As moças então usaram o ouro como dote para se casarem e foram felizes para sempre, mas quem seria esse homem que teria jogado esses saquinhos com ouro ? Seria Nicolau de Mitra, não se sabe muito sobre ele, mas segundo a lenda ele era o bispo da cidade, era um homem rico e gostava de dar presentes aos mais pobres e um século depois de sua morte foi canonizado pela igreja católica se tornando São Nicolau. Passou a ser o santo padroeiro das crianças, dos mercadores e dos marinheiros, e é muitíssimo cultuado na Rússia e na Grécia.

Papai Noel e a Publicidade!


Até o seculo XIX o Papai Noel era sempre visto como um bispo, ou seja, como São Nicolau mesmo, mas em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para ele, e ele passou a usar roupas com vermelho e branco, e um cinto preto, além de morar no Polo Norte para mostrar assim que ele não é de nenhum país específico. Nesse mesmo ano a nova imagem do Papai Noel foi apresentada na revista Harper’s Weeklys. Já em 1931, a Coca-Cola adotou o Papai Noel em suas campanhas publicitárias, afinal o mesmo trazia as cores que também representam o refrigerante. A campanha foi um sucesso e ajudou a espalhar a imagem do bom velhinho pelo Mundo.

Outros personagens "natalinos".

Como já vimos, o Natal é uma festa cheia de significados, começou como uma festa pagã e se tornou uma festa cristã, e em cada civilização há crenças, lendas e personagens diferentes, vamos conhecer alguns.


Befana: é uma personagem italiana muito parecida com Nicolau ou Papai Noel, dizem que seu nome provém da celebração da Epifania. Segundo a lenda, a Befana visita todas as crianças da Itália na noite do dia 5 para 6 de janeiro e enche suas meias com caramelos se comportaram-se bem e carvão se comportaram-se mal. Segundo tradição, quando os Reis Magos estavam indo levar presentes a Jesus, pediram informações sobre o caminho a uma velha, mas ela não sabia o caminho e os convidou para dormir em sua casa, quando eles partiram a convidaram para ir com eles, mas ela disse que estava muito atarefada. Mas tarde ela se arrependeu e tentou seguir o caminho dos Reis Magos, porém nunca mais os encontrou e por isso a lenda diz que ela para em todas as casas que encontra dando doces as crianças na esperança de que uma delas sejam o Menino Jesus.


Jack Frost: é uma figura lendária élfica, a personificação da geada e do frio, pertence ao folclore do norte da Europa, acredita-se que seja proveniente do povos anglo-saxões e nórdicos. Sua missão é fazer neve e as vezes aparece em contos natalinos como um encarregado em criar condições para o Papai Noel entregar seus presentes, muitas pessoas afirmam ter visto ele em lugares cheios de neve.


Rudolph, a Rena do nariz vermelho: é uma rena conhecida como a nona rena do Papai Noel, possui o nariz vermelho para ajudar a iluminar o caminho através das tempestades de inverno, apareceu pela primeira vez em 1939 num livreto, foi adaptada de diversas formas e logo se tornou em muitos países, uma figura do folclore natalino.


Krampus: é o "antinoel", uma criatura que acompanha São Nicolau durante o Natal. Enquanto Papai Noel dá presentes para as crianças boas, Krampus pune as crianças más. É tradição em alguns países as pessoas se vestirem de Krampus na noite do dia 5 de dezembro para assustar crianças.


Ebenezer Scrooge: é protagonista do livro "Um conto de Natal" do escritor Charles Dickens, a personagem serviu de inspiração para a criação do Tio Patinhas. Scrooge é um homem frio e sem coração, além de ganancioso e avarento. Certa noite ele é visitado por três espíritos: o do passado, o do presente e o do futuro. 

A árvore de Natal!


A árvore de Natal veio de tradições muito antigas, como a que vimos da comemoração do solstício de inverno, nessa época as pessoas usavam ramos verdes para decorar portas e janelas e acreditava-se que esses ramos podiam afastar maus espíritos e doenças. Muitos dizem também que os cristãos passaram a usar as árvores como símbolo da vida eterna com Deus, a primeira vez que uma árvore foi usada como árvore de Natal e ano novo, foi provavelmente na praça de Riga, capital da Letônia no ano de 1510, nesta praça existe até mesmo uma placa dizendo que lá esteve a primeira árvore de ano novo. Há ainda uma pintura alemã de 1521 que mostra uma árvore sendo levada por um homem montado num cavalo, o homem está vestido de bispo e é provavelmente São Nicolau. Mas segundo algumas histórias, a primeira pessoa que teria trago a árvore de natal para dentro de casa, foi o monge protestante Martinho Lutero, conta-se que ele estava caminhando e quando olhou para cima viu as estrelas por entre os galhos das árvores achou tão bonito que levou a árvore para a casa. Porém quem popularizou a árvore de Natal foi a rainha Vitória em 1846, quando ela e o príncipe Albert foram ilustrados no jornal de Londres com os filhos em volta de uma árvore de Natal. Como ela era muito popular, a ideia passou a ser moda por toda a Europa e depois se espalhou pelo Mundo.

E o Presépio ?


O presépio é uma criação de São Francisco de Assis, em 1223, ele resolveu comemorar o Natal de Forma diferente, de um jeito que ensinasse para a população de Greccio na Itália, a importância da data para os cristãos. Foi então que ele montou o presépio numa gruta em um bosque da região, com representações de argila em tamanho natural, de Jesus e seus pais, Maria e José. Além de ter colocado um burro e um boi de verdade para compor a cena. Assim a ideia se espalhou, no século XVIII a tradição era só das igrejas mas com o passar do tempo se espalhou pelas casas das pessoas, tornando-se parte da decoração natalina.

Ceia de Natal! 


Dizem que a tradição de comer peru no Natal, surgiu nos Estados Unidos, pois essa ave é muito comum por lá e era usada pra comemorar o dia de Ação de Graças, o Peru simboliza fartura. As frutas secas também tem um significado, elas eram dadas de presente na antiga Roma como símbolo de fartura. Além disso, as avelãs evitavam a fome, nozes simbolizavam a prosperidade e as amêndoas protegiam as pessoas dos efeitos das bebidas. O vinho simboliza o corpo de Cristo, a fertilidade e o amor divino. No Natal também não se pode faltar o Panetone que tem origem italiana e as Rabanadas de origem portuguesa.

Bom, é isso aí, comentem o que vocês acharam do post, tentei fazer o mais resumido possível. Para saber mais, leia este artigo "10 curiosidade sobre o Natal que você provavelmente não sabia." Espero que tenham gostado e se souberem de mais alguma coisa sobre o Natal me contem, beijos e até a próxima!!

8 comentários:

  1. Que Postagem linda Isa. Interessante conhecer alguns personagens do natal. Eu creio mesmo no nascimento de cristo!!! Nosso Salvador!! Feliz Natal da minha para a sua família <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ^^ Te desejo também um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de bençãos para você e sua família!!

      Excluir
  2. Rapaz você também é cultura. Adorei o post ������

    ResponderExcluir
  3. Adorei conhecer sobre meu feriado favorito! A maioria das informações eram novidade para mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que gostou, fico feliz em ajudar as pessoas a descobrirem coisas novas, ainda mais quando é algo que elas gostam tanto <3

      Excluir
  4. Eu não gosto muito do natal pois quando a família que não é unida o ano inteira está junto passando a falsidade emcima de falsidade
    Me enjoa só de estar perto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão, minha família também é assim, as vezes as pessoas nem te visitam, nem se importam com voce mas no Natal se reuni todo mundo, isso é bem chato e acredito que esse não seja o verdadeiro espírito natalino. Pois Natal é época de ajudar as pessoas e manter o coração humilde para o próximo ano...

      Excluir

Desenvolvido por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo